Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A MARIA & O NÃO

Este blog é d'uma Maria que não vai com as outras.

A MARIA & O NÃO

Este blog é d'uma Maria que não vai com as outras.

COMO ASSIM, CANCELARAM O LÚCIFER?!

A Disney comprou a Fox. A Fox produzia Lúcifer, a Disney é conto de fadas e assim, adeus Lúcifer. Eu até entendo a ideia em si, e o porquê do cancelamento. Mas, ao mesmo tempo não entendo como é que foram cancelar uma série tão boa, onde o Diabo não é assim tão mau como a história da Bíblia o pinta. Não é!

 

 

Lúcifer Morningstar é apaixonado por tudo o que há aqui na terra (principalmente: sexo, drogas & rock n roll) depois de tirar umas férias do inferno e de armar guerra com o Pai, abre um bar e vai vivendo a vida como bem lhe apetece. Faz uns favores aqui e ali, quando é confrontando fala sobre o livre arbítrio dos humanos e não entende porque raio o culpam de tudo. Conhece uma detective, fica intrigado com ela, por ela ser imune aos seus charmes, e mais tarde descobre que ela é o seu maior ponto fraco. Ah, e... lá está, o Diabo apaixona-se. Onde é que na Bíblia existe sequer essa hipótese? Mais tretas aqui e ali, personagens bastante boas e outras que nos apetece ser o próprio Diabo e eliminá-las, a série é interessante, tem humor e porra tem história! E que história... Acho um desperdício tão mas tão grande terem cancelado a porra da série, logo agora que a Chloé (a detective) descobriu a verdade sobre ele, sendo que esse é um dos pontos que nos leva sempre a acompanhar a série, desejando que ela finalmente veja a verdade e que veja que o que ele passa a vida a lhe dizer não são apenas metáforas de alter-ego.

Não é justo. Ele não é mau! Ele é bom, é apaixonado, é um anti-herói que protege aqueles que gosta e castiga quem faz mal, porque raio não o podem aceitar? Pela primeira vez na vida estou realmente chateada com a Disney.

2 comentários

comentar post