Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A MARIA & O NÃO

Este blog é d'uma Maria que não vai com as outras.

A MARIA & O NÃO

Este blog é d'uma Maria que não vai com as outras.

NEM SEMPRE CORRE TUDO BEM, MAS ESTÁ TUDO BEM

Digo a mim própria milhares de vezes por dia, todos os dias, há muitos anos. Nem sempre se consegue aquilo que se quer, que se deseja, que se merece. Nem sempre os santos estão lá para ajudar, para empurrar, para fazer acontecer. Às vezes nem com todo o esforço e fé do mundo se chega lá.

Digo isto a nível de sonhos, projectos, amores, amizades, trabalho. Ou seja, tudo o que move e motiva o ser humano.

Está tudo bem. Está tudo bem e nem sempre se chegar onde se quer, ter o que se quer, fazer o que se quer.

Porque vão haver sempre outras saídas, outras coisas, outras pessoas, outros lugares. Se não correr tudo bem agora, mais adiante vai correr. É isto que interessa e é nisto que temos que manter o foco quando algo corre menos bem ou fora do planeado.

Estou a falar disto porque estou a passar uma fase menos boa na minha vida. Estou a levar umas chapadas bem fortes na cara e está-me a custar horrores. Sinto-me frágil e a cada momento posso vir a desabar. Mas eu tenho de pensar que está tudo ok, porque se não é para ser, não vale a pena ser. Tudo tem uma razão para acontecer ou não. E de momento estou a ponderar em soluções, se fico e insisto ou se desisto. É um caso delicado. Envolve muita coisa que é importante para mim e para o meu futuro. Queria ser sempre a mesma optimista de sempre, mas desta vez não estou a conseguir sê-lo a 100%. A minha maturidade não mo permite, então já estou meio a fazer luto, meio a questionar-me o tempo todo. E então é aí que penso que está tudo bem em nem tudo correr bem. Não está agora, mas seja o que for que eu decida, no fim tudo ficará bem melhor.

Assim o espero.

Eu só queria mesmo muito muito muito escrever sobre o que realmente é, mas não posso. Não consigo transportar tudo para palavras ainda, porque ainda é cedo. Mas quero um dia, quando tudo estiver resolvido falar do assunto. Em si. Com tudo, sem filtros.

Até lá, vou tentar ser mais activa por estes lados, que parecendo que não, são o meu porto de abrigo que mais me fazem fugir do mundo real. E é do real que quero fugir. E está tudo bem ao fazer isso também.

7 comentários

comentar post